CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos

VIRGEM MÃE APARECIDA

Virgem Mãe Aparecida,
Salve Rainha, Maria !
Virgem Maria Aparecida
Doce Mãe de Todos Nós,
Rogai por todos os teus filhos,
Virgem Mãe  Compadecida.
 Dos mais altos páramos celestes
Onde estás,
Onde o bem e a alegria
Fazem morada,
Lançai a nós,
Todos teus filhos ó Mãe Bendita,
A Vossa Benção Virgem Senhora
Aparecida;
 Abençoai nossos trabalhos e nossas vidas,
Os nossos  lares, nossas cidades e países,
A nossa Terra e a terra aos
Vossos Pés,
A Vossa Bênção concedei-nos,
Ó  Mãe Senhora
Aparecida!
De tantos e todos os títulos,
De tantas e todas  as bondades,
Valei-nos Mãe Doce, Querida,
Senhora da Caridade!
Maria, Mãe de Jesus,
Diante de Vós amainam-se
Ventos, trovões, tempestades.
Manso se torna o mar,
Cordeiro se torna o leão,
E as vagas  tão gigantescas
Que assustam o  viajante,
Em brancas espumas
Se  tornam
E ao Seu manto vêm beijar.
Doce Mãe Aparecida,
E do Alto de Vosso Altar,
De onde emana a luz 
das estrelas,
Protegei a toda a gente
Protegei a Terra inteira,
Abençoai o Brasil,
Seu povo e diversidades,
Seus céus e suas cidades,
Seus limites e fronteiras,
Suas fontes e cachoeiras;
Ave,
Ó Senhora Aparecida
De terno encanto e doçura,
Rainha, Senhora e Mãe
Desta Pátria brasileira.
Salve Maria, Salve!
 
 
 
 
Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 09/06/2010
Alterado em 18/12/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.fatimatrinchao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários