CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos

CALMARIA

O que quis o que queria,
estar longe, além mar,
quisera já te encontrar,
e vejo ao raiar do dia,
a cama ao lado vazia,

O que quis,o que queria?

Na insanidade das horas,

afogar-me em calmaria,
morrer de sede no mar,

O que quisera, ou quererá?

Chamar teu nome pra sempre,
pra sempre pronunciar,
pra sempre dizer teu nome
te amando e sempre
te amar.
Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 15/08/2011
Alterado em 06/04/2017
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários