CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos

CHUVA

Na noite longa que longe se anuncia
estrepitosa tempestade já se faz
e onde só o silêncio noturno jaz,
passeia o vento entre caules fortes,
farfalhando e profanando as hastes.

Bátegas d'águas pesadas caem com nobreza
e os raios pródigos, incessantes riscam o céu,
retirando da noite escura todo o seu véu
no sinfônico sincronismo da natureza.

Enquanto os raios seguem
riscando o véu da noite,
a chuva vai por entre galhos
e barrancos,
com tal ímpeto,
tamanha força
e tanta voragem,
que refresca a terra,
revive a vida,
muda a paisagem !


 
Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 20/09/2011
Alterado em 25/11/2017
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários