CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos

A NAVE
Nave  dos afortunados,
Deleite dos  apaixonados
Rima rica dos poetas,
Teu nome Terra,
Mel  suave
Para os lábios que
O pronunciam.
Azul,
De um azul sem igual,
Tudo em ti
É pleno e transborda.
Mãe de inefável doçura,
Nos acolhe e alimenta,
Balsamizando em teu
Seios,
Nossas dores,
E cansaços
Nave dos afortunados
,
Deleite dos apaixonados,
Rima rica dos poetas,
Mãe de inefável doçura,
Bendito seja o teu nome
Na amplidão do espaço.
 
 
 
 
 

 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 














 
Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 22/12/2013
Alterado em 25/11/2017


Comentários