CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos

PASSAGEIRO

Justifica-te a pequenez,
Na mais sórdida lhaneza
Consagrando-se a perfídia
Com destreza.
A Talião e sua lei,
Serves com grandeza,
Maculas com força os traços
De beleza,
Cinges-te com as cores da torpeza,
limbando as partes
Puras,

Com presteza.
Para e olha-te,
Viajante que és,
Levanta os olhos aos céus
,
Agradece ao Pai Por te amar.
Ao invés de perfídias lançares,
Ao límpido lar ensombrares,
Tece fios dourados de luz,
Nos caminhos por onde Passares
.
Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 11/02/2016
Alterado em 08/11/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.fatimatrinchao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários