CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos

HARLÉNS

Devagar chegam
as notas,
Voam das Partituras,
Fogem Das
Minhas mãos.
E as notas vão caindo
Devagar.
Devagar
Escorregam pelo
Papel.
Devagar
Esparram-se pelo
Chão,
E se vão
Vagarosamente,
Levando seus tons,
Devagar
Vão levando,
Levando
Seus timbres,
Levando seus sons.
Devagar
Vão sumindo,
E sumindo e sumindo
De vagar em vagar
Devagar elas se vão.






Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 09/07/2016
Alterado em 25/11/2017
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários