CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos

FUGAS
Devagar chegam
as notas,
Voam das Partituras,
Fogem Das
Minhas mãos.
E as notas vão caindo
Devagar.
Devagar
Escorregam pelo
Papel.
Devagar
Esparram-se pelo
Chão,
E se vão
Vagarosamente,
Levando seus tons,
Devagar
Vão levando,
Levando
Seus timbres,
Levando seus sons.
Devagar
Vão sumindo,
E sumindo e sumindo
De vagar em vagar
Devagar elas se vão.






Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 27/07/2016
Alterado em 25/11/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.fatimatrinchao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários