CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos

MEIAS PALAVRAS

Olha em volta, mira o nada.
A porta aberta, na rua deserta...
A meia calça despe,
A meia voz entrecortadas,
Meias palavras,
A meia luz,
Quase penumbra.
Na rua deserta,
À meia noite e seus apelos,
Atrás de si porta fechada,
Sussurros cúmplices,
Meias palavras,
entrecortadas, 
a meia voz.
Em gestos súplices
Da meia vida,
a meia luz,
Quase penumbra,
Meias palavras,
entrecortadas,
Sussurros cúmplices,
portas fechadas.



 
Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 12/04/2018
Alterado em 12/04/2018


Comentários