Fátima Trinchão
Poesias, Contos, Crônicas
Textos
 

 UM MUNDO NOVO

 

A tudo pensa e progride a Divina sapiência

vede as vilas,

vede as cidades, escolas e fortalezas,

industrias, transportes e asilos, estádios,

instituições...

A tudo pensa e progride a Divina

sapiência.

E é tanta gente na terra,

e é tanta gente que come,

e é muita gente com fome,

é tanta gente que corre,

é tanta gente que para

é tanta gente que grita...


e é tanta gente que espera,

 que a desesperança mata...

tanta gente que chora e

chora...

tanta gente que passa,

tanta gente que fica...

é tanta gente,

é tanta gente,

é tanta gente...

e a miséria que grassa,

num mundo de tanta

gente,

quem dera a miséria

passa,

permanecendo perene,

toda essa gente contente,

o pão sobre a mesa de

todos,

o remédio que a dor 

alivia,

o avanço  das

ciências,

gentileza e paciência,

a alegria de cada dia,

que nasce com um

novo sol.

Soldados de tantas

batalhas,

guerreiros de tantas

guerras,

que a guerra de

cada dia,

vertendo tanto

suor,

seja por mais alegria,

pão e leite todos os dias,

num mundo que se anuncia,

nova e humana confraria.

A tudo pensa e progride

a Divina sapiência.

 

 

Fátima Trinchão
Enviado por Fátima Trinchão em 16/09/2011
Alterado em 21/12/2013
Comentários